Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Toca do Coelho

Uma espécie de blogue/livro/coiso com espécies de texto.

Toca do Coelho

Uma espécie de blogue/livro/coiso com espécies de texto.

30.Mar.20

Falhas da Língua Portuguesa (4)

Olavo Rodrigues
É curiosa a expresão "estar cheio(a) de fome". Afinal, a fome é uma sensação de vazio, por isso, será mesmo semanticamente correto dizer que se está cheio de vazio? Porque não dizer "há demasiado vazio em mim" - sim, eu sei que soa estranho - mas neste caso também seria uma incoerência. Não pode ser "demasiado", porque esta palavra indica a existência de alguma coisa, mas a fome é a ausência de comida no estômago, logo é nada e não pode haver demasiado nada. Quando muito, (...)
26.Set.19

Isto Já É Muita Fruta!

Olavo Rodrigues
A fruta tem cores e a palavra línguas. A fruta tem sabor e a palavra pronúncia. A fruta tem corpo e a palavra essência.  Quer se goste mais ou menos de cada uma,  Precisamos delas para evitar a enfermidade, Sejam de que tipo forem, Essa é a verdade.   
03.Ago.18

Falhas da Língua Portuguesa (3)

Olavo Rodrigues
Porque se diz "manchar" para imprimir uma mancha e "desmanchar" para separar partes de alguma coisa? A primeira palavra podia querer dizer "juntar" ou "montar" ou a segunda "tirar manchas". 
04.Jul.18

Ocorreu-Me Hoje Que... (10)

Olavo Rodrigues
Um dia... nem que fosse apenas por um dia, seria óptimo se pudéssemos viver como nas histórias de comédia e/ou de fantasia. Por um dia tínhamos um mundo como o da Disney. Só para descontrair. Uma festa oficial como o Natal ou assim... Tempo para cantar espontaneamente se o quiséssemos como acontece nos filmes ou, para nos disfarçarmos do que desejássemos, qual celebração de Carnaval. Esta seria a altura de ir disfarçado para o trabalho e de usar a imaginação com todo o seu (...)
04.Dez.17

Textos do Campeonato de Escrita Criativa (4) 2

Olavo Rodrigues
8 Apetece-me​ ​dizer-te​ ​que​ ​não​ ​quero​ ​dizer​ ​nada.​ ​Ou​ ​melhor:​ ​que​ ​não​ ​quero​ ​dizer​ ​nada útil.​ ​À​ ​conta​ ​desta​ ​preguiça,​ ​já​ ​enchi​ ​duas​ ​linhas​ ​com​ ​palha,​ ​portanto,​ ​agora​ ​faltam…  esquece,​ ​também​ ​não​ ​me​ ​apetece​ ​fazer​ ​contas.  Que​ ​importam​ ​os​ ​pormenores?​ ​Tudo!​ ​Ou​ (...)
05.Nov.17

Eu Nunca/Eu Já - Desafio

Olavo Rodrigues
Ora viva, bloguistas! Caramba, o meu editor de textos já estava cheio de pó e de teias de aranha! É, então, hora de reaquecer o motor e de o blogue estrear o mês de Novembro com um novo desafio. Devo esta honra ao Bruno, o autor do blogue O Fumo do meu cigarro, que me nomeou para partilhar o que Eu Nunca/Eu Já fiz.  O desafio tem algumas regras. Ei-las: 1) Responder a todas as questões com  (...)