Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Toca do Coelho

A mascar o pensamento à sombra calma da luz irrequieta.

Toca do Coelho

A mascar o pensamento à sombra calma da luz irrequieta.

22/01/18

O Preço de Ser Conceituado

Ontem estava eu a sonhar com a possibilidade de um dia vir a ser um bloguista ou um escritor conceituado e, o mais importante de tudo, inspirador. No entanto, logo a seguir ocorreu-me o lado negro dessa realidade, pois nesse patamar  tudo é muito mais impessoal.

Quando pensamos em alguém cujo trabalho é admirado, lembramo-nos de como deve ser incrível a sensação de imensas pessoas dizerem-nos que as fazemos sentir melhor à nossa maneira, nem que seja por breves momentos, mas a realidade mais triste é que, dificilmente, o autor conseguirá agradecer-lhes bem, com o mesmo carinho, com toda a atenção que os fãs merecem. 

Isto porque se estivermos a falar de alguém com uma quantidade de seguidores verdadeiramente colossal, percebemos que é impossível, para qualquer ser humano, entrar em contacto com milhares ou com milhões de admiradores individualmente. Tal deixa a sua marca de frustração. Pelo menos, eu sentir-me-ia assim. 

Num espaço pequeno como esta plataforma de blogues é mais fácil, uma vez que, de acordo com o que eu tenho testemunhado, os comentários dos grandes blogues nunca passam da casa das dezenas, permitindo assim ao autor manter uma troca de ideias agradável e estimulante com quem o segue.

Isso é o máximo! Há lá melhor coisa que ter uma interacção mais directa com as pessoas em causa? Dizer-lhes: «agradeço-te imenso por me apoiares tanto. Acompanhares-me significa mesmo muito para mim e cada comentário teu ajuda-me a crescer mais um pouco. Eh, pá, a sério, obrigado.»

Como o entretenimento audiovisual tem mais adeptos, esta conversa não é possível quando se trata dos youtubers da ribalta. O Felipe Neto, por exemplo, recebe, de quando em vez, presentes dos seus fãs, os quais são dotados de uma criatividade extraordinária. É um prazer enorme ver do que é que excelentes mentes escondidas se lembram para agradar ao seu ídolo. E para além de agradecer, com intensidade, todo o apoio que recebe sempre que alcança uma nova conquista, esta estrela da internet também faz questão de mostrar uma profunda gratidão pelas prendas. 

No entanto, o Felipe Neto não faz a mais pálida ideia de quem lhe enviou aquilo e embora a sua gratidão seja talvez sincera, eu creio que o desconhecimento da pessoa por trás daquele acto de carinho torna a situação mais impessoal e, portanto, também mais fria. Normalmente - agora abrangendo todas as grandes celebridades - estes influnciadores agradecem a um colectivo, pois não podem, através das câmaras, ser omniconscientes e ter noção de quem é cada indivíduo que os segue.

Aqui também é comum não termos uma ideia exacta de quem são os nossos subscritores; porém, só o facto de se apresentarem num número muito menor e de termos mais capacidade para assimilar os seus nome e fotografia - ainda que o primeiro possa ser falso e que quiçá o segundo nem sequer tenha características humanas - já fornece outro sabor à interacção com eles, outra profundidade. Eu defendo que este privilégio deve ser bastante valorizado. 

No fundo, quase podemos dizer que o YouTube, por exemplo, é uma espécie de metrópole gigante como Nova Iorque onde os habitantes estão muito ocupados com a sua vida para terem conversas menos impessoais com a pessoa ao lado e que o Sapo Blogs é - não bem uma aldeia - mas sim uma pequena vila mais familiar, apesar de também existir alguma impessoalidade. 

Há mais desvantagens em ser imensamente conceituado, tais como alguns fãs sem noção dos limites descobrirem o número de telemóvel do seu ídolo e ligarem-lhe. Imagino que seja deveras estranho atender alguém que nos adora, mas que nós não conhecemos e que possui o nosso contacto telefónico sem a nossa permissão. Outra dor de cabeça causa a imprensa - cor-de-rosa ou não - que corre atrás dos famosos mal os mesmos dão um passo. 

Mas este já é o tópico da falta de privacidade, que não é o protagonista desta crónica. 

Enfim, não é possível ter o melhor de dois mundos. 

 

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Estatísticas Detalhadas

UA-77383280-1

Arca

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por correio electrónico

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.