Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Toca do Coelho

A mascar o pensamento à sombra calma da luz irrequieta.

Toca do Coelho

A mascar o pensamento à sombra calma da luz irrequieta.

15/04/16

Publicidade, por Favor, Abranda para a Primeira

É um mal necessário por muito incómoda que seja. Toda a gente a despreza, mas as sociedades capitalistas colapsariam sem a sua existência, pois move quantidades inimagináveis de dinheiro. Mas será que precisamos de tanta?

São poucos ou nenhuns os momentos em que não estabelecemos contacto com a publicidade, há-a em todo lado. Desde a televisão à rádio, dos cartazes gigantescos ao pé das estradas à internet... Céus! Que massacre! 

Quando alguém entra na sua zona de conforto, pretende esquecer o melhor que conseguir que habita uma sociedade excessivamente padronizada, vampírica e que muito provavelmente, o explorará. Assim é difícil! 

Para mim, não há coisa pior que estar entusiasmado a assistir a um filme ou a um vídeo e interromperem-no para publicidade. Agora até o YouTube o faz, não sei se é impressão minha, mas creio que há cada vez menos vídeos com a opção «pular anúncio». Só não fazem o mesmo aos livros porque as pessoas conseguiriam ignorar a estratégia comercial.

Pronto, convenhamos, eu não vou ser hipócrita e dizer que não aceitaria que uma marca ou duas se expusesse no meu blogue, escrever é a minha paixão e seria esplêndido se o tivesse como forma de subsistir.

Porém, pergunto se uma vez mais não é a ganância humana que está a intervir. Será que os grandes empresários que gerem os meios de comunicação, não estão a deixar-se levar pelo egoísmo?

Eu interrogo ao invés de afirmar por ser um leigo quanto ao empreendedorismo, mas é sem dúvida uma suspeita minha. 

 

4 comentários

Comentar publicação

Mais sobre mim

imagem de perfil

Estatísticas Detalhadas

UA-77383280-1

Arca

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por correio electrónico

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.