Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Toca do Coelho

A mascar o pensamento à sombra calma da luz irrequieta.

Toca do Coelho

A mascar o pensamento à sombra calma da luz irrequieta.

23/04/16

Parque da Liberdade

Ó, adorado parque que por ti passo todos os dias:

És o meu conforto de Verão e de Inverno,

Um paraíso eterno,

O Céu que se sobrepõe ao Inferno.

 

Quando te vejo, sinto uma força que me estiola,

Porque em vez de ir ao teu encontro,

Vou ao da escola.

 

Ó, grande parque!

És a casa da liberdade,

Um oásis no deserto,

Uma dádiva dos deuses para a cidade.

 

Quando estou em ti, não estou mais acorrentado,

Sinto-me como o grande cavalo selvagem

Que não se deixa ser domado.

 

Quanto mais corro, mais feliz sou

E para mim o tormento acabou.

Quando estou em ti, Parque da Liberdade,

Eu, eu e eu interagimos como uma irmandade.

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Estatísticas Detalhadas

UA-77383280-1

Arca

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por correio electrónico

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.