Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Toca do Coelho

A mascar o pensamento à sombra calma da luz irrequieta.

Toca do Coelho

A mascar o pensamento à sombra calma da luz irrequieta.

13/06/16

No Leito da Paz

Escrevi um poema cristalino como água divina,
Reflecte o céu dos meus sonhos
E brilha com a claridade da luz obreira.

 

Escaparam pássaros da minha caneta,
Supostamente preparada para enxertar palavras e emoções
E conceber o quer que esta extensão de tinta signifique.

 

Queria segui-los, tenho tanta curiosidade em saber para onde vão.
Às vezes sigo-os, outras vezes não tenho oportunidade.
Mais ainda: de quando em quando estou demasiado pesado para voar,

Eles não me aceitam enquanto eu não ficar tão leve
E suave como as suas penas brancas e esbeltas,
Esculpidas pela ressurreição do fogo na Terra.

 

Já não sei o que pensar,
O meu cérebro não tem pedalada
Para a minha alma exigente e hiperactiva.
Ainda o pensador não acabou um verso
E já tem mais sete para montar.

 

Aqui e assim não sou de cá,
Mas também não sou de lá.
A minha casa pertence a este canto isolado,
Uma aldeia fortuita que nasce e se põe como o Sol.

 

Vou passar lá o fim-de-semana, que como sempre,
Por muito que dure, nunca é longo o suficiente
Face à semana atribulada e cinzenta,
Mas infelizmente, nunca petrificada.

 

Apetece-me dormir a sesta.
Abraço o meu poema
E ele recebe-me na sua água cristalina
Com a serenidade habitual.
Desta forma, descanso o corpo que se mantém à tona
Entre as estrelas e o mar.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Estatísticas Detalhadas

UA-77383280-1

Arca

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por correio electrónico

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.