Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Toca do Coelho

A mascar o pensamento à sombra calma da luz irrequieta.

Toca do Coelho

A mascar o pensamento à sombra calma da luz irrequieta.

07/12/15

Menina, em que tanto Pensas e não Dizes?

por Olavo Rodrigues

Menina que estás ao meu lado,

Sentada na paragem de autocarro,

Sinto-te barulhenta no teu silêncio.

O teu semblante desabafa a mil à hora,

Mas não se faz ouvir.

É claro que não, não usa o microfone.

 

Tanta barulheira, Deus meu, parece uma praça!

Tanto para ouvir, mas mesmo estando próximos,

Cada um fica no seu canto, fechado,

Sempre a comer do mesmo prato como sempre come,

Separado do outro por uma barreira invisível e incómoda como o vento.

Eu tenho o mesmo problema que tu,

É tramado ter a boca tapada por um fecho encravado.

 

Mas sabes que mais?

O autocarro ainda não chegou e nós já sabemos para onde vamos.

Desconhecer é divertido, eu cá estou farto de conhecer!

Conheço assim e sei que conhecerei assim praticamente todos os dias.

Planeia comigo um caminho incerto.

 

Já te riste hoje?

Contribuíste para a tua felicidade ou para a de outra pessoa?

Sim? Não?

Pois, a mim também me parece.

É desta forma que passamos uma eternidade à espera do que já esperamos,

Todos os dias quase sempre certos.

5 comentários

Comentar publicação

Mais sobre mim

imagem de perfil

Estatísticas Detalhadas

UA-77383280-1

Arca

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por correio electrónico

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.