Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Toca do Coelho

Uma espécie de blogue/livro/coiso com espécies de texto.

Toca do Coelho

Uma espécie de blogue/livro/coiso com espécies de texto.

21
Abr16

Ao Meu Querido Alentejo

Olavo Rodrigues

Numa grande terra além do Tejo, 

Há uma beleza única para aproveitar,

Há tanta maravilha de sobejo,

Mas a Terra Prometida está-se a degradar.

 

O ar fresco é mensageiro da Natureza,

Traz os aromas que nos seduzem sem defesa,

Assim também eu quero viver como Alberto Caeiro, 

Numa nuvem de verde, a apreciar este pedaço de Céu na Terra.

 

Alcançar a primeira categoria sai do pêlo àquela boa gente,

Que trabalha nas sete quintas,

Para dar uso ao dente.

 

Venha o alho criado nos braços da falsa moleza,

Venham o pão e as recheadas cantigas,

Do fundo do coração entrelaçam-se relações amigas.

À mesa celebra-se o triunfo da felicidade gorda,

Que se faça então, brinde a isso,

Na companhia da bendita açorda.

 

Ouvem-se os grilos a tagarelar,

É de noite e os mosquitos começam a chatear.

Mais um dia que com a minha intensa alma vejo,

No inigualável Alentejo. 

 

PS: eu sei que me distanciei um pouco da realidade, mas eu adoro sonhar com a Natureza e se puder juntar portugalidade a isso, melhor ainda. 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Estatísticas Detalhadas

UA-77383280-1

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D