Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Toca do Coelho

Um espaço para o meu apetite omnívoro.

Toca do Coelho

Um espaço para o meu apetite omnívoro.

05.Dez.15

Ah! Música!

Pela pauta infinita, percorro um caminho,

Amplio a minha alma quando está restrita,

Já não definho.

 

Oiço mil poesias fecundas,

Que me entram nos ouvidos,

E mais do que isso,

Transformam-se em diversos mundos colhidos.

 

A música é o meu espelho,

As minhas emoções são as suas emoções.

Apesar de o reflexo ser virtual,

Não há remédio mais verdadeiro.

 

É a minha grande amiga que não pede nada em troca,

O seu discurso dá-me uma valente moca,

Fico feliz e inconsciente,

As sensações são intensas,

Quero lá saber se não tenho um comportamento decente!

 

Minha amiga, por favor, continua a tocar,

Nunca me canso de te ouvir tagarelar.

 

 

3 comentários

Comentar post