Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Toca do Coelho

A mascar o pensamento à sombra calma da luz irrequieta.

Toca do Coelho

A mascar o pensamento à sombra calma da luz irrequieta.

10/11/15

Abre-Me a Porta, Leitura!

por Olavo Rodrigues

Num momento de sorte tenho a oportunidade de viajar,

Para um lugar desconhecido que irei decerto adorar.

O passaporte é falso, mas vale o seu mal,

Ingresso nas entranhas da magia em silêncio total.

 

A caminhada é longa, porém, a mais magnífica,

Não estava à espera de que me abrisse tanto a boca, de que me roubasse a crítica.

Roubou-me também o meio envolvente que tão realmente pinto,

Neste mundo não vejo, cheiro ou oiço, só o sinto

De maneira estranha na minha cabeça,

Ao descrever tais sensações, minto.

 

Não existe realidade, só intensidade,

Numa dimensão de ilusões que rebaptizam

As espectativas de ilusões que me realizam.

 

Do outro lado está alguém,

Não consigo precisar que pessoa é,

Mas fico-lhe eternamente grato por me ilustrar esta concepção tão bem.

Entre nós há uma comunicação,

Fala-me dos seus pensamentos e com grande prazer, digo-lhe que sim.

Também formulo ideias próprias embora saiba que ele/a não me ouve a mim.

2 comentários

Comentar publicação

Mais sobre mim

imagem de perfil

Estatísticas Detalhadas

UA-77383280-1

Arca

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por correio electrónico

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.