Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Toca do Coelho

A mascar o pensamento à sombra calma da luz irrequieta.

Toca do Coelho

A mascar o pensamento à sombra calma da luz irrequieta.

26/11/15

A Nossa Magna Pátria Lusitana

O sangue lusitano fervente corre-me nas veias,
Dividem-no quase a meias,
O verde e o vermelho.

 

Ah, pátria, símbolo de força,
Sou o teu orgulhoso descendente
E sempre adorarei o hino com nome de moça.

 

Foste debilitada pelos teus próprios tutores,
Mas na minha memória um fantasma nunca serás,
Pois acredito que és capaz de vencer os estupores.

 

Eu admiro-te porque és única como todos os tipos de beleza,
Amar-te é rasgar a lista de defeitos e escrever uma de qualidades,
Para que a tua chama continue acesa.

 

Mas há que ter vontade e amor,
Porque se não te despachares,
Só terás mesmo o calor.

 

Vamos! É hora de trabalhar!
Motiva os teus discípulos
Antes de que se ponham TODOS a andar.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Estatísticas Detalhadas

UA-77383280-1

Arca

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por correio electrónico

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.